Bem Vindos - Welcome - Bienvenidos - Benvenutto

Objetivei com a idéia deste blog, compartilhar com todos os amigos e interessados em cultura, literatura, crítica e incentivo, um pouco sobre meus conhecimentos e sobre mim.
Aqui, você pode e deve expressar sua opinião a respeito do conteúdo, através de seus comentários, em-mails ou enquetes. Você pode também compartilhar o conteúdo em suas redes sociais.
Agradeço a todos os leitores e visitantes!
Namaste!

CasadeLilo, desde 2008

domingo, 21 de agosto de 2011

Adormecer

Adormecer.

" Teu cheiro ainda estáno travesseiro,
Meu corpo sem você não é inteiro;
E sinto.

Tua falta nesta imensa cama vazia,
Escrever tornou-se hábito faz tempo;
Sem seus beijos o meu corpo é lento,
E sem teu abraço a noite é fria.
Mais uma vez durmo só,
Outra vez poesia.

Divido o leito junto o nada.
Tu te foste e me deixou deitado,
Ainda desenhado no lençol;
Tua silhueta desenhada.
Seu lado demarcado,
Tua presença rubricada.

Tu que não dormes em meus braços,
E sono que se perde em pensamento.
O imenso desejo do laço,
Que embebeda o meu sentimento.

Outra tentativa de adormecer sem teu corpo,
Outro repousar de um corpo morto;
Que sem teu véu de carinho,
Se deixa amortecer devagarinho.

Chora silencioso,
Despretensioso;
Resmunga nossas trocas de amor,
E fecha os olhos pra sonhar com teus beijinhos. "

Lincoln Oms. Memórias de nós dois. CasadeLilo

Nenhum comentário:

Receba as atualizações em seu e-mail.

Like!