Bem Vindos - Welcome - Bienvenidos - Benvenutto

Objetivei com a idéia deste blog, compartilhar com todos os amigos e interessados em cultura, literatura, crítica e incentivo, um pouco sobre meus conhecimentos e sobre mim.
Aqui, você pode e deve expressar sua opinião a respeito do conteúdo, através de seus comentários, em-mails ou enquetes. Você pode também compartilhar o conteúdo em suas redes sociais.
Agradeço a todos os leitores e visitantes!
Namaste!

CasadeLilo, desde 2008

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Eu ouço

Eu ouço.



- Calai-vos! ’
Vós não tendes por onde enlouquecer-me.

Tagarelais por todos os lados, mas não cederei.
Abrigar-me-ei na sanidade até que vosso leito lacrimeje a última sentença aloprada.
Gritarei pelos vagos e ecoantes corredores até que evacuais minha cabeça.

Eu vos vejo,
Eu vos ouço.
Como o vulto de vestes âmbar,
Que desfilais sobre o passeio.

‘- Shh... Parais! Ides!’
Meus apelos não se esgotarão.
Poderás recitar todas as vossas atrocidades dentro de mim,
Ouvi-las-ei todas com o mesmo desprezo que vos tenho.
Aos berros arrancarei de vossos braços vossas fraquezas,
E abrigarei em vosso lugar o silêncio;
Que me acalma, acompanha e assombra.
‘- Intrusos!’

E pelas ruas a alfombra de ajoelhar-me por conta dos ruídos mentais.
Irreais.
Arranhar-me até que extinga todos os fios e as vozes e as faces,
Ao acordar dos barítonos que ressoam euliricando;
Eu... Eu...
‘ - Calai-vos!  Quando disserto mantendes o silêncio; Eu ordeno!’

Sobre minhas loucuras mentais,
Eu ouço.
Eu mesmo revelo.
Eu mesmo revelo;
Pois eu mesmo sofro.”



- Lincoln Oms. Arquivos Mentais: La schizophrénie. CasadeLilo

Nenhum comentário:

Receba as atualizações em seu e-mail.

Like!